sábado, 27 de junho de 2009 3 comentários

VIVER DE FRASES FEITAS

Sempre achei que viver de ditados populares seria uma resolução de vida muito simplista. Mas para ser sincero, é em frases populares que encontro respaldo para solucionar várias das questões existências que cercam a maioria dos seres comuns, e do mais comum de todos, EU!
"Tudo tem seu tempo". A partir de certa altura da minha vida comecei a separar as frases que mais me davam apoio em tempos difíceis, ou que simplesmente explicavam alguma coisa com uma fórmula mágica, quase que a explicação teórica para a realidade do momento.
A primeira frase que me fez pensar em frases foi uma que passei a usar para explicar o porquê continuo a usar esse recurso da filosofia popular:
"Frases populares são clichês nos quais encontro um fundo de verdade"
Ao dizer isso a uma pessoa uma vez, ela me afirmou: "De um exemplo". Respondi ao estilo Chaves, Chapolin... "Cavalo dado não faz verão"; "Tira sua andorinha da Chuva"; enfim...
No filme "O fabuloso Destino de Ameli Poulain", a amiga de Ameli faz com que o pretendente a namorado da heroína do filme passe por uma bateria de perguntas sobre esses ditos populares. Justificativa: A família dela acredita que pessoas que tenham conhecimento dessas pequenas verdades não possuem em seu coração maldade.
Aqui vão duas frases que elaborei em conjunto com a Deise Corazza:

"Bons sonhos... e boas realidades”.
"A vida é assim, um dia ela acaba... e começa de novo"

Vou postar futuramente algumas fantásticas que encontrei no MSN da galera... Um abraço.
segunda-feira, 1 de junho de 2009 2 comentários

NÃO PODIA DEIXAR DE VIR COMEMORAR

Olá. Hoje se completa um mês que postei o último texto. Estou agora aqui para dizer que me sinto feliz por tanta dedicação. Agora quero retratar um pouco sobre o que pretendo fazer no mês que se inicia. Bem...
sexta-feira, 1 de maio de 2009 2 comentários

NOTÍCIA DE ÚLTIMA HORA (NÃO É TWITER MAS VAI SER CURTA)

Aparentemente o elemento que posta palavras neste blog está temporariamente fora do ar por sua própria culpa em acumular outras tarefas... Um dia ele aprende...
sexta-feira, 17 de abril de 2009 2 comentários

O QUE REALMENTE IMPORTA


Na verdade o que blá blá blá blá blá blá blá, blá blá blá blá blá blá blá blá blá: blá blá blá blá (blá blá blá blá blá blá) saúde blá blá.Blá blá blá blá blá blá blá blá segurança blá blá blá blá blá. Blá blá blá blá blá blá “blá blá blá blá blá” resiliência blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá educação blá blá blá blá blá, blá blá blá blá blá blá blá blá blá lazer blá blá blá blá. Blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá; família blá blá blá. Blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá. Blá blá blá paixão blá blá blá blá blá blá blá blá coração blá blá blá blá blá blá blá blá.

Blá blá blá blá blá blá blá e deixar passar blá blá blá blá blá blá blá blá. Blá, medo blá blá blá blá blá blá blá blá desespero blá blá blá. Blá blá blá blá blá: blá blá blá blá blá blá blá blá. Insegurança blá blá blá blá blá blá blá blá ódio blá procrastinar blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá.

Blá blá blá blá blá blá blá blá, blá blá blá blá blá responder a oportunidade blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá lutar blá blá blá blá blá blá blá, blá blá blá blá blá blá blá blá blá: blá blá blá blá - blá blá blá blá blá blá - blá blá.Blá blá blá blá blá amizade blá blá blá laços blá blá blá blá blá. Blá blá blá blá blá blá “blá blá blá blá blá” respostas blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá viver blá blá blá blá blá, blá blá blá blá blá blá blá blá blá liberdade blá blá blá blá. Blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá; família blá blá blá. Blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá. Blá blá blá confiança blá blá blá blá blá blá blá blá responsabilidade blá blá blá blá blá blá blá blá.

Blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá, blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá. Blá blá blá blá blá blá blá e ainda teimam em fazer discursos mirabolantes.


segunda-feira, 6 de abril de 2009 1 comentários

COMENTÁRIO AS CLARAS... Quer ir a CNN?


Recebi esse comentário no post abaixo e decidi colocar em um local bem visível para todos :

Patricia Perez disse...
Oi Lucas, Tudo bem?Meu nome é Patricia Perez, estou trabalhando na divulgação do 5º Concurso Universitário de Jornalismo CNN. Acredito que isso possa ser interessante para você e para os leitores do Mundo Luando. As inscrições começaram no dia 24 de março e podem ser feitas até dia 29 de junho de 2009.O tema deste ano é “O uso da tecnologia no desenvolvimento social'. A novidade de 2009 é que o estudante poderá enviar o vídeo de até 2 minutos pelo YouTube, sendo que ele poderá produzir quantas matérias quiser. O concurso é válido somente para estudantes de jornalismo.O ganhador conhecerá os estúdios da CNN International, além de ter sua matéria exibida pelo canal.As inscrições podem ser feitas no site:www.concursocnn.com.brAcompanhe ainda as novidades no Blog:http://www.concursocnn.com.br/2009/blog/ e fique à vontade para esclarecer quaisquer dúvidas comigo,por email: patricia@ichimps.br ou pelo telefone: (11) 3711-8131Obrigada pela atenção.Patricia Perez
domingo, 5 de abril de 2009 1 comentários

FELIZ 2009! E TENTE MANTER-SE VIVO...


escrito dia 26 de fevereiro de 2009

Como já é de costume aqui vamos nós de novo em terras brasucas, onde só existe vida de adulto após o carnaval. É certo que muitos já estão a mil por hora desde a passagem oficial de 2008 para 2009. Mas também é fato que essa paradinha para os batuques e mulatas (sem restrições a nenhuma outra etnia, claro) faz tudo o mais no meio do caminho entre as “boas festas” e a “boa festa”, parecerem somente um aquecimento. Enfim, feliz 2009, agora não dá mais para fugir.

Ano novo; velhos problemas. Um filme lançado no ano passado retratava bem a violência em uma das grandes metrópoles brasileiras. Tropa de Elite rendeu muito dinheiro a piratas e produtores. E o principal assunto está tão quotidianamente aterrado em todos, que não é surpresa a falta de espanto quando em uma cidade pequena ocorre um furto, um roubo, um estupro, um assassinato, algum caso de tortura entre outras. Ainda mais quando a violência é moral (o mal comportamento ao sujar uma localidade pública está entre elas) ou ética (a corrupção correndo solto pelos átrios e salas centrais dos governantes da nação).

Uma pesquisa recém divulgada no jornal Folha de S. Paulo, fez emergir dados “nada importantes” sobre números da segurança nacional. O numero de policiais militares, civis, federais e bombeiros no país somam 602mil. As empresas particulares de segurança somam pelo menos 1,7milhão de vigilantes privados cadastrados na Policia Federal. Sem contar que em dados divulgados ontem no Jornal Hoje da TV Globo, no Rio de Janeiro (terra da Tropa de Elite) foram registrados 152 mortes de policiais em serviço, e 546 mortes de policiais fora de serviço entre os anos de 2004 e 2008.Segurança já não é mais para todos, e sim para os poucos que podem pagar por ela.

Está pacata cidade do interior chamada Guararapes, só continua pacata para os que já descansam na necrópole municipal. Aos vivos fica o tormento de se preocuparem em manterem-se distantes de uma morada tão apertada. Então cidadão reitero: Feliz 2009! E tente manter-se vivo...

domingo, 29 de março de 2009 0 comentários

ATITUDE DE UM GUERREIRO


O bom guerreiro luta por propósitos que estão acima de sua própria vida, mas possuem a finalidade de gerar a vida nos outros. “Vou atingir meu propósito (ser o melhor em uma determinada área, realizar algum feito) e se a morte me alcançar sem que eu conclua minha missão, que pelo menos eu esteja tentando, esse é o caminho existente por desejar algo acima de tudo”, brada o guerreiro. Ele realiza suas ações sem recuar, pois imagina que voltar atrás, é trair todos aqueles pelos quais está lutando. Não pensa que pode falhar como qualquer ser humano. Nem sequer pensa em falhas. Sorri, escolhendo esquecer que os erros existem e chegam a qualquer um. E passa por cima deles até que consiga a perfeição de seu desejo. Confia nele. Sabe que é justo e perfeito.

É difícil se dar conta de que o tempo passa e a vida é breve. O último gole de vinho. A derradeira visão do caminho percorrido nos instantes finais existe, dizem os que passaram pela experiência de quase morte. A tomada pode ser puxada, e tudo desligado no melhor momento do filme. Aquela parte em que a emoção está embolada na garganta, e as lágrimas prestes a rolar pelo rosto. Ou aquele momento impar da bola nos pés do atacante frente ao gol, que nunca se saberá se ocorreu ou não, por causa da queda de energia.

ALIA IACTA EST... é um exemplo de determinação de um guerreiro.O imperador romano Júlio César se imortalizou pela sua coragem, demonstrada quando atravessou o rio Rubicão, com apenas dez legiões, para combater o seu arquiinimigo Pompeu (este com sessenta legiões). Não voltou atrás. Encarou a possibilidade de morte e disse A SORTE ESTÁ LANÇADA.  A verdadeira sorte deve ser compreendida não só por receber uma oportunidade, mas também estar preparado quando ela chegar. Assim age o guerreiro.

quarta-feira, 25 de março de 2009 2 comentários

AVÓS DA EXPERIÊNCIA


Sim. Confesso. Sou um cara mimado. Criado pela avó. Jogando bolinha de gude no carpete; soltando pipa no ventilador; comendo bolinhos de chuva, com chá mate quentinho e assistindo Super-Homem na Sessão da Tarde. Se alguém acha isso ruim, que atire o primeiro biscoito amanteigado. Confessem também horas... Tem coisa mais gostosa do que casa de vó? Aquela pessoa que sempre encoberta quando a gente faz algo de errado. Aquela que sempre nos defende, muitas vezes de nossos próprios pais. Quando nos machucamos, podemos até saber que o carinho da mãe está em dobro voltado para nós, não porque a mãe ame menos, longe disso, mas porque a avó é só amor e bem menos correção. Costumo brincar dizendo que a função dos pais é se preocupar e encher a paciência (tem que moldar mesmo, educar). Função de irmão é ser chato (mas o único que pode fazê-lo, porque se outro se mete à besta... leva). Função de avó é paparicar, mimar mesmo, com todo o mel.

Ontem foi aniversário (20/03) da minha amada avozinha. Ela e meu vovô, se incumbiram de educar esse que vos escreve, há 25 anos. E é tão bom lembrar que todos os meus amigos sempre dizem “Nossa Lucas, como sua avó é legal”. Quando levava alguém para brincar em casa, ela clamava por bagunça (sadia é claro).

Na idade em que estou muitos freqüentadores da mesma casa de anos de vida que eu, se preocupam em colocar um som potente no carro. Á algum tempo atrás, vovó me disse “vamos comprar uma caixa de som.” Curioso, perguntei a razão. “É que o som do vizinho está cobrindo o nosso”. Às vezes me refugio no meu quarto, pois sou mais a cara do silêncio. Mas deixa à barulheira fazer a felicidade de quem já me deu a vida. E tenha certeza que no momento em que ela acabar de ler esse pequeno texto, vou ficar sem graça ao ser coberto de beijos e abraços. Mas quem não gosta tanto mimo, que atire o primeiro biscoito amanteigado!
 
;